Menu Fechar

Médicos do SNS não podem coordenar ou dirigir instituições privadas

Um despacho de Correia de Campos determina que os médicos do Serviço Nacional de Saúde não podem desempenhar, simultaneamente, funções de coordenação e direcção em instituições privadas. Ambas as situações são “incompatíveis”.
De acordo com o despacho do Ministro da Saúde, ” o exercício de funções dirigentes em entidades privadas prestadoras de cuidados de saúde, por profissionais de instituições integradas no SNS, independentemente da sua natureza jurídica, é passível de comprometer a isenção e imparcialidade com o consequente risco de prejuízo efectivo para o interesse público”.
O Ministro determina ainda que os conselhos de administração

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *