Menu Fechar

Livros sugeridos na edição nº5 da Revista Portuguesa de Gestão & Saúde

Inovação na Gestão da Saúde

Solução disruptivas para reduzir custos e aumentar qualidade

De: Clayton Christensen, Jason Hwang, Jerome H. Grossma

Edição/reimpressão: 2009

Sinopse recomendada pela editora (Wook, Porto Editora):
O guru da inovação Clayton Christensen aplica nesta obra os princípios da inovação de ruptura a um setor que está desesperado em busca de soluções para a sua sobrevivência: a assistência à saúde. Com tecnologias de ponta e alternativas orientadas ao consumidor, os autores mostram a empresas, empresas seguradoras e trabalhadores na área da saúde como reduzir custos, melhorar a assistência e azeitar o processo, beneficiando empresas, médicos e pacientes.

http://www.wook.pt/ficha/inovacao-na-gestao-da-saude/a/id/10312881

 

 

 

Gestão de Unidades de Saúde e de Serviços Sociais

De: Vivien Martin, Euan Henderson
Edição/reimpressão: 2004

Sinopse recomendada pela editora (Wook, Porto Editora):
Este livro tem como objectivo o desenvolvimento de competências para a gestão e melhoria dos serviços prestados em unidades de saúde e de serviços sociais e concentra-se no papel que o gestor pode desempenhar como garante de uma prestação efectiva de serviços de elevada qualidade aos utilizadores finais. Apresentam-se casos retirados do contexto de unidades de saúde e cuidados sociais, de modo a exemplificar como as técnicas expostas podem ser aplicadas para dirigir pessoas e gerir recursos, informação, projectos e a mudança.
Neste livro são ainda discutidas as formas como os gestores podem marcar a diferença no trabalho desenvolvido pelas organizações prestadoras de cuidados de saúde e serviços sociais. Analisa-se o conceito de eficácia em termos de gestão dos serviços de saúde, os valores subjacentes a este tipo de serviços, o papel desempenhado pelos líderes e pelos gestores no desenvolvimento de uma prestação de serviços de elevada qualidade, assim como as competências específicas e os sistemas necessários a possibilitarem que os utilizadores desses mesmos serviços possam contribuir para o planeamento e avaliação dos mesmos.
Gestão de Unidades de Saúde e de Serviços Sociais é um manual prático para todos aqueles com responsabilidades de gestão nas unidades de saúde e de serviços sociais. O livro inclui Casos comentados de modo a reforçar a aprendizagem, Actividades, Referências importantes, assim como explicações claras dos principais conceitos e ferramentas de gestão.

http://www.monitor.pt/?pt=bookdetail&i=36

 

 

 

Gestão e Liderança na Saúde – Uma Abordagem Estratégica

De: Mário Jorge Carvalho

Edição/reimpressão: 2008

Sinopse recomendada pela editora (Almedina):
Na saúde, em Portugal, tem-se optado por sucessivas e frustradas tentativas de mera reestruturação, levadas a cabo sob a forma de navegação à vista e de curto-termismo, impostos pelas agendas políticas e com a pretensão de, assim, se combater a conjuntura depressiva, o generalizado desânimo no sector e no utente e o permanente constrangimento orçamental.
É por de mais evidente que chegou o momento de uma efectiva refundação transformacional na gestão da saúde em Portugal, pelo retorno à centralidade dos serviços e unidades estratégicas do sistema, que são, verdadeiramente, a sua base, sustento e núcleo de desenvolvimento – onde, em suma, se constrói o efectivo acrescento de valor dos activos investidos.
Os profissionais da saúde também não podem abdicar ou serem substituídos na inquestionável e pró-activa liderança desse processo.
São eles – e só eles! – que podem contrariar com eficácia o asfixiante centralismo burocrático, que não consegue ser igual e equitativamente eficaz no desenho e implementação do modelo de planeamento estratégico aplicável a todos e a cada um dos seus serviços e unidades nucleares.
Há, também, que acabar com a permanente e actual confusão entre a economia da saúde e a gestão na saúde. Assumir, responsavelmente, o princípio da subsidiariedade da gestão na saúde é exigir visão estratégica, competência, determinação, humildade e bom senso no exercício da liderança; aceitar o risco do empreendedorismo organizacional e conhecer as regras para motivar e co-responsabilizar os seus recursos humanos disponíveis.

 http://www.almedina.net/catalog/product_info.php?products_id=6810

 

 

 

Auditorias da Eficácia Organizacional

De: Dave Francis, Mike Woodcock

Edição: 2008

Sinopse recomendada pela editora (Monitor):

Esta obra é dirigida a especialistas de desenvolvimento organizacional e formadores, fornecendo um conjunto de ferramentas de avaliação que cobrem oito temas-chave de áreas não financeiras do desempenho organizacional, vitais para a eficácia da empresa: Agilidade, Comunicação Eficaz, Trabalho Interdepartamental, Capacidade de Inovação, Gestão da Informação e do Conhecimento, Valores da Organização, Eficácia da Equipa.

Os autores desenvolvem cada processo de auditoria não apenas com o propósito de executar a avaliação mas também como experiência conjunta de formação destinada a apoiar os responsáveis na obtenção de formas para melhorar o desempenho da organização.

http://www.monitor.pt/?pt=bookdetail&i=68

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *